Univesp

Graduação semipresencial Pedagogia: acessível em todo o Estado

14/10/2009

Após o início das inscrições para o vestibular semipresencial de pedagogia da Unesp/Univesp, no último dia 5 de outubro, a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) e a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) divulgam a distribuição dos polos de atividades presenciais pelo Estado de São Paulo, onde são realizadas 40% das atividades totais do curso. Veja aqui o mapa de distribuição dos polos.

As aulas estão programadas para funcionar em 21 cidades do interior do Estado de São Paulo, das 23 cidades que contam com campi da UNESP.  A localização facilita o acesso dos interessados que moram na cidade-polo e nas proximidades, uma vez que as atividades serão desenvolvidas presencialmente nos polos e online com a utilização de recursos tecnológicos de TV digital e internet. Trata-se de mais uma oportunidade para os professores em exercício nas redes pública e privada ingressarem nas 1350 vagas oferecidas.

Inscrições
As inscrições para o vestibular devem ser feitas somente pelo portal http://www.vunesp.com.br/ até o dia 6 de novembro. Os candidatos que não têm acesso à internet podem fazer sua inscrição na rede de postos do programa Acessa São Paulo, do Governo do Estado, que disponibiliza computadores conectados à web em 503 pontos na capital e interior (portal http://www.acessasp.sp.gov.br/). A inscrição custa R$ 70,00. As notas do ENEM não são contabilizadas no processo seletivo.

Mais sobre o Programa Univesp
O Programa Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) foi criado pelo decreto nº 53.536 de 9 de outubro de 2008 com o objetivo de ampliar o acesso à educação superior pública, em parceria com as três universidades paulistas - UNESP, USP e Unicamp - e com o Centro Paula Souza. A estrutura consorciada da Univesp agrega ainda outras importantes instituições, entre elas a Fundação Padre Anchieta, a Fapesp, a Fundap e a Imprensa Oficial.  Os cursos a serem oferecidos pela Univesp têm o seu projeto acadêmico e seus conteúdos formulados pelas universidades que os propõem. São elas também as responsáveis pelo processo de seleção para o ingresso dos estudantes, bem como pela avaliação de seu desempenho nos cursos.

Pedro Ulsen.